Dor Aguda nas Costas

Quem nunca travou depois de tentar levantar um peso sem pensar muito no que estava fazendo? Ou foi comemorar o gol do seu time e levantou o colega três vezes mais pesado e teve que assistir o resto do jogo numa cama de hospital? Também têm aqueles que foram simplesmente abrir a porta da geladeira ou amanheceram um belo dia, travados.

Você deve ter se identificado com algum destes casos ou pelo menos conhece alguém que já tenha passado por alguma dessas situações. Isso tudo é comprovado porque 60 a 80% da população adulta deverá se queixar de dores nas costas algum dia e a maior incidência é dos 35 aos 55 anos.

Então, decidi tentar explicar, biomecanicamente, o que pode estar ou poderá vir a acontecer com você um dia.

Acontece que a coluna vertebral é um empilhamento organizado de vértebras, encaixadas perfeitamente umas nas outras. Unidas, elas formam um longo canal que traz a medula em seu centro, que é o chamado canal medular.
A medula é uma extensão do cérebro com diversas ramificações ao longo da coluna. E, sendo uma extensão do cérebro, carrega uma informação preciosa, a informação nervosa. Tudo no seu corpo funciona porque a medula traz a mensagem do cérebro até seus órgãos e tecidos de como e quando as coisas devem acontecer no seu organismo.

O que acontece quando você trava é que o movimento foi tão rápido, impensado ou com tanta carga, que a sua inteligência corporal não acompanhou e uma das vértebras não pôde retornar totalmente ao seu local de origem, causando a compressão de um desses ramos que saem da medula. Essa compressão implica em uma dor aguda e contínua, como uma facada - formigamento, perda de força ou perda da sensibilidade nas pernas podem tratar-se de lesões mais sérias e um exame de imagem se fará necessário pra um melhor diagnóstico. Mas caso seja um quadro apenas doloroso e você não fizer nada, na melhor das hipóteses, em duas semanas poderá voltar às atividades.

No entanto, você não precisa passar por isso para aprender que a prevenção é o melhor remédio. Nesses casos, alongamentos diários, bons hábitos na hora de levantar peso e comemorações comedidas ajudam bastante. A Quiropraxia tem bons resultados com retorno rápido às atividades, então, caso você queira entender melhor o funcionamento do seu corpo para poder cuidar dele como ele merece, consulte seu quiropraxista e ele te informará com detalhes a respeito de tudo o que falamos aqui.

Atenciosamente
Priscila Frietzen
Quiropraxista ABQ 262

Formulário de Contato
* campo obrigatório