Bico-de-papagaio (Osteofitose)

Vamos falar de bicos-de-papagaio…

Quem já não ouviu reclamações de pai, tio ou avô dizendo: “o médico falou que eu tenho bico-de-papagaio na coluna.” Então vamos explicar um pouquinho sobre essa degeneração. Os bicos-de-papagaio, ou osteófitos, são pequenas expansões ósseas que surgem nas bordas das vértebras, geralmente na altura dos discos intervertebrais da coluna, e surgem em conseqüência de um processo de artrose.

Convém salientar que a existência do nome ‘bicos-de-papagaio’ para este problema não é causal. O aspecto, nas radiografias, é semelhante ao bico de um papagaio, literalmente.

Há quem defenda que eles apareçam por desidratação do disco intervertebral, por espondilose, por pré-disposição genética, sobrecarga articular (obesidade), por alguma anomalia prévia na articulação (inflamação, trauma, fratura, ligamentos rompidos, etc.) ou simplesmente pela quantidade de impactos aos quais estamos sujeitos desde a infância.

Porém, é preciso deixar bem claro que é, sobretudo, a adoção de posturas incorretas ao longo do tempo que leva ao aparecimento de lesões nas articulações vertebrais. Destas lesões, surge a formação de osteófitos que, após originarem a desidratação do disco intervertebral, aproximam as vértebras e comprimem a raiz nervosa. Por causa destas compressões, então, que as dores associadas aos ‘bicos-de-papagaio’ começam a aparecer.

Os osteófitos começam a fazer sentir-se à medida que o processo normal de envelhecimento vem surgindo, mas alguns sinais anteriores a esse período podem indicar se você vai ser vítima ou não deste problema. Se durante toda a sua vida você não cultivou uma boa postura, não praticou qualquer exercício físico e viveu períodos de estresse intensos, prepare-se! Quanto antes adquirir novos hábitos quotidianos, como a prática de atividades físicas, cuidados acrescidos na alimentação e, é claro, sua regularidade nas consultas com seu Quiropraxista, mais chances de manter-se saudável por longos anos.

Priscila Frietzen
Quiropraxista ABQ 262

Formulário de Contato
* campo obrigatório